Por que somos a favor da merenda escolar orgânica

Merenda escolar orgânica

No final de março, a Prefeitura de São Paulo sancionou uma lei que garante aos alunos da rede municipal de educação o acesso à merenda escolar orgânica. A medida é um avanço porque leva a discussão para um nível com potencial real para mudanças profundas.

No nosso entendimento, há quatro pontos essenciais nesta mudança de comportamento da principal cidade do país: o primeiro é uma discussão pública sobre o que é realmente é alimentação saudável; o segundo é o surgimento, mesmo que incipiente, de uma política pública de qualidade voltada para o bem-estar da população; o terceiro, o início do processo de educação de uma nova geração; e, por fim, os benefícios que a decisão pode trazer para a saúde das pessoas.

Independente de cores partidárias, quando uma cidade com o porte de São Paulo, uma das mais importantes do mundo, toma a decisão de tornar política pública a merenda escolar com origem orgânica, esta discussão toma proporções bastante relevantes. Com certeza, ela impactou muitas pessoas que não estavam despertas para a importância da qualidade da sua alimentação e dos seus filhos. Este movimento seguramente criará um espaço público para a discussão da importância da alimentação orgânica. Este espaço não existia com um respaldo governamental deste porte, mas, agora que ele existe, poderá impactar outras cidades a tomarem decisões semelhantes e, principalmente, inspirar mudanças de comportamento individual e familiar, que onde tudo começa, realmente.

Não é preciso fazer muito esforço para perceber que a medida deve ter desagradado diversos interesses econômicos. A medida põe em primeiro lugar a qualidade de vida das pessoas e não o lucro da indústria. Ou seja, cria-se uma política pública voltada para o bem-estar e para a qualidade de vida da população.
Um dos fatos mais importantes deste tipo de inciativa é proteger as crianças dos malefícios dos venenos com que nos alimentamos diariamente. Tirar os agrotóxicos e transgênicos da alimentação delas e informar o porquê de isto acontecer faz com que se eduque uma geração de pessoas conscientes sobre a importância de se alimentar com comida de verdade. É difícil acreditar que uma criança que seja educada nestes parâmetros, aceite, depois de adulta, terceirizar as suas decisões alimentares.

Se pensarmos na opção de São Paulo por uma alimentação mais saudável, ela é uma política que, se vingar, trará benefícios a longo prazo. Os danos causados pelos agrotóxicos e transgênicos à nossa saúde são comprovados cientificamente. Sabe-se, por exemplo, que muitas das alergias e intolerâncias alimentares infantis são frutos do uso destes venenos na alimentação. Portanto, se conseguirmos educar as futuras gerações para que façam escolhas alimentares conscientes, com certeza teremos uma geração mais saudável e que exigirá muito menos investimento em saúde pública.

Por fim, é possível que a medida afete positivamente a vida de muitas pessoas, de uma maneira que nem saibamos mensurar. Torcemos para que esta medida dê certo e seja exemplo para uma mudança real na alimentação das crianças de todo o País.


Fique por dentro:

Os principais agrotóxicos e suas consequências:

Diclorofeniltricloroetano (DDT): acumula-se principalmente nos tecidos ricos em gordura, é considerado carcinogênico, estando associado principalmente ao câncer hepático e mamário.

Carbamatos e organofosforados: são inibidores de enzimas do metabolismo dos lipídeos. Os organoclorados têm seu uso restrito por seu poder acumulativo e resistência ao meio ambiente, está relacionado a doenças do sistema nervoso central, reprodutor e hematopoiético.


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s