O que sabemos sobre o café que bebemos?

Café

Até o final de 2013, o Endossulfan, um dos agrotóxicos mais nocivos do mundo, era largamente utilizado nas lavouras de café do Brasil. Ele, que é responsável pelo desenvolvimento de doenças reprodutivas, endócrinas e neurológicas, só deixou de ser usado após a Anvisa determinar seu banimento do mercado nacional. Até lá, mesmo consciente dos danos provocados à saúde, comprovado por estudos das maiores universidades do mundo, a indústria convencional continuou a utilizá-lo. O cenário atual, no entanto, não é muito melhor já que o Endossulfan foi substituído por outros agrotóxicos. O grande problema é que este coquetel de venenos não gera problemas de saúde a curto prazo. Eles vão nos afetando com o passar do tempo. E muitas vezes nós nem temos consciência de que o café que bebemos está envenenado.

A indústria não precisa do agrotóxico para produzir o café. Ela precisa dele para aumentar os lucros. Os agrotóxicos e fertilizantes não trazem mais qualidade ao produto, eles apenas impedem perdas (com pragas, por exemplo) e aceleram a produtividade (aumentam o potencial de produção por metro quadrado), ou seja geram dinheiro mais rápido.

Então, o que acontece é uma verdadeira campanha de desinformação. O consumidor quer consumir e está disposto a pagar. A indústria, para não perder o negócio, bomba a produção e omite como fez para chegar a estes resultados. E assim, nossa saúde é leiloada.

A única arma do consumidor neste jogo desigual é a informação e ela não está dada praticamente em lugar algum. É preciso correr atrás ou se conformar e consumir aquilo que colocam em nossa mesa.

Se você está lendo este post, é porque despertou para a necessidade de zelar pela sua vida. O café orgânico é cultivado sem o uso de pesticidas sintéticos ou fertilizantes químicos. Após a colheita, os grãos são processados em torrefadoras certificadas. A certificação oficial requer que as fazendas sejam submetidas a testes durante três anos, e depois a cada ano, para verificar se estão sendo usadas práticas de cultivo aceitáveis.

O café em pó Terrara  é produzido neste sistema. Ele possui três certificações: Certificado de Conformidade Orgânica – IBD Certifications, Master Certificate – IBD Certifications eCertiticate of Organic Operation – IBD Certifications.

Além disso, ele já ganhou dois grandes prêmios: foi o 1º colocado no 10º Concurso Café Qualidade Paraná – Londrina 2012. Categoria Café Natural e 2º colocado no Concurso de Café Regional Café de Qualidade Paraná 2011 – Categoria Cereja Descascado, o que comprova sua qualidade e sabor diante da indústria convencional e da orgânica.

Ele é produzido em São Jerônimo da Serra, norte do estado de Paraná, através da utilização do sistema orgânico e biodinâmico, que tem como proposta o aumento natural da vitalidade, saúde e produtividade das terras, culturas e criações.

Dicas para o preparo de um bom café:
:: Use a medida correta. Utilize de 80 a 100 gramas de pó (aproximadamente 5 a 6 colheres de sopa) para 1 litro de água.
:: Se a bebida ficar sem sabor, aumente a quantidade de café. Se ela ficar amarga, áspera ou desagradável, diminua o tempo de contato da água com o café, diminuindo a quantidade do pó.
:: A água utilizada deve ser apenas aquecida – não pode ferver, pois a perda de oxigênio altera a acidez do café. A temperatura ideal de preparo é próxima dos 90oC.
:: Pelo pó de café deve passar somente água quente, jamais a bebida. A recirculação torna a bebida muito amarga, áspera e desagradável.
:: O café usado (borra) é o pior inimigo do sabor, aroma, da cafeteira e da sua saúde. Jogue-o fora. Nunca o reutilize, sequer misturando-o ao café fresco. Para garantir a qualidade ideal, o café já usado e a bebida preparada devem ficar sempre separados.
:: Deguste a bebida preparada na hora pois ela se deteriora e não consegue manter o mesmo sabor agradável de um café fresco.
:: Beba o café em xícaras de porcelana. O sabor fica destacado e a temperatura constante.
:: Quando usar garrafas térmicas, limpe-as e use-as exclusivamente para o café.
:: Nunca prepare ou armazene a bebida adoçada porque se formará uma crosta de caramelo de mal sabor nas paredes do recipiente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s